Festa, sentidos e muito conhecimento!

Era 27 de outubro, e eu estava animadíssima para a festa. Apesar de preferir as festas nas casas, eu adorei fazer tanto a SEX, ROCK & BANG como a HALLOWEEN no Motel. Vamos combinar: aquela suíte é uma delícia (tirando o som que nos deixou na mão, e o Ed teve que ir correndo em casa pegar nossa caixa de som)! Legal mesmo foram os strippers pedindo pra aumentar o som e eu gritando abaixada, com a "buzanfa" de fora pra cara dos garçons: - Não aumentaaaaaa maisssss! Dança logo meooOOOO! :D (Preciso apagar isso da memória) Faz parte! rs

 

Eu coloquei no título "Festa, sentidos e muito conhecimento" pois é exatamente sobre sentidos que eu quero falar. 

Antes eu quero agradecer a Revista Marie Claire pela entrevista que fizeram comigo que estará nas bancas agora no começo de novembro. Espero que gostem como eu gostei. Eles falam inclusive da Voluptas de uma forma muito carinhosa. Fiquei muito feliz pela impressão positiva que eles tiveram da nossa sociedade e por terem respeitado meu desejo de não colocar meu rosto na revista. O texto não foi escrito por mim. Eu apenas respondi as diversas perguntas e eles então transcreveram. Parabéns a repórter Helena Bertho por ter escrito como se fosse eu falando. Ela respeitou cada detalhe do que eu contei. Vou deixar o link aqui

Mas calma, eu falo como foi a festa também! 

Uma delícia!!! Faz tempo que eu não via tanta gente livre se descobrindo. Incrível a quantidade de iniciantes que decidiram dar o primeiro passo nessa festa. Alguns casais não demoraram para ir embora e eu não sei exatamente porque, mas tenho um palpite: Falta de paciência! rs

Queridos, o foco da Voluptas não é o sexo imediato e mecânico de uma casa de swing; se essa a intenção de quem está chegando, sinto lhes dizer: Nunca será! rs

Adoramos sim sexo, mas depois de conversar bastante, curtir o clima, aproveitar a noite!

Óbvio que tem as excessões para os pais de plantão que devem voltar correndo pra casa. Acredite, entendemos! Temos 3!!! Em dia de festa, ficam com a vovó, mas em dia normal que a mamãe aqui e o papai quer curtir balada, a vovó fica de olho, e no dia seguinte mesmo chegando às 5, quando é 7 da manhã já estamos na "função pais do ano". Eu falo que minha pequena é um despertador ajustadinho que não tem modo soneca.