Joga bosta na Geni!

December 19, 2018

"De tudo que é nego torto, do mangue e do cais do porto, ela já foi namorada...
O seu corpo é dos errantes, dos cegos, dos retirantes. É de quem não tem mais nada!"

 

Com vocês...
Maldita Geni!  

 

 

E quem achou que eu recomendaria para iniciar o post - como sempre faço - a música que marcou a vida das "Genis" de Chico Buarque, errou. Vamos de Ludovico Einaudi, uma música instrumental que eu simplesmente me transporto para outro lugar.

Divenire (Que significa: Torne-se)

 

 

Torne-se a pessoa bem resolvida que você sempre quis ser. Mesmo que isso te custe algumas coisas importantes como me custaram. E são importantes ao ponto de machucar, pois são relações que você acreditou serem sinceras e duradouras para toda a sua vida.

Será que você está pronto para isso?

 

Eu passei praticamente minha vida inteira me importando com a opinião daqueles que me rodeavam. Não que isso seja algo ruim, mas de repente, quando se está de fora do palco, você pode observar melhor e com frieza o que talvez nunca conseguiu enxergar com clareza.

Eu me sinto envergonhada quando olho para trás, e me vejo explicando minhas escolhas pessoais, para pessoas que hoje eu tenho certeza que só estiveram do meu lado por algo que eu pudesse oferecer.


O mundo liberal foi realmente muito importante em nossas vidas, contudo, o verdadeiro divisor de águas, foi a minha exposição midiática e o reflexo que isso trouxe em minha vida social, empresarial, como mãe, escritora e as mil outras funções que eu tenho, longe da roupa de vilã, que algumas pessoas acreditam que eu uso ao ter minha "vida dupla de swinger". #sqn

 

A maioria de nós swingers, continuamos criando bem nossos filhos, cuidando da casa, pagando as dívidas e auxiliando nas necessidades emocionais dos nossos amigos.

Mesmo sendo as mesmas pessoas que sempre fomos, algo mudou.

O que muda após uma certa exposição é a forma que as pessoas passam a enxergar você. Isso por termos sido sinceros e termos tido a enorme coragem de dizer para as pessoas que mais confiávamos no mundo, o que jamais alguém teria coragem de dizer.

 

Contudo, ainda existem pessoas que duvidam dessa sinceridade: -Afinal, ninguém é tão sincero assim, né? Novidade... Eu que deveria desconfiar da sinceridade deles, até porque, eu duvido que durante a masturbação, eles pensem em beijos românticos à luz do luar. Ou você também é daquelas que diz: -Nossa, eu nunca me masturbei, juro!!! tsc tsc...

 

A diferença entre nós,  "ó ser tacador de bosta", é que eu finalmente sou livre da opinião dos outros.

 

Sejamos sinceros por gentileza... Você acha mesmo, que eu, sendo pagadora das minhas contas, com filhos saudáveis e bem assistidos, com uma família maravilhosa que me apoia (nem todos), e com um sentimento de fazer a diferença, eu vou realmente me amedrontar com frases do tipo: Você não sabe o que é ética, honra, bom costume, moral... Você não sabe o que é DEUS!

 

Realmente esse deus eu não conheço.

José Saramago respondeu a um repórter que lhe perguntou como um homem sem Deus poderia ser tão bom. A resposta dele foi: - Como um homem com Deus pode ser tão mau?

 

Eu até tenho uma idéia sobre o que as religiões fizeram com o sexo, mas eu vou pular essa parte. Peço um minuto de silêncio pela morte da liberdade de 7,53 bilhões de pessoas nesse planeta que chamamos de lar.

.

.

.

 

Eu não sei como pode existir um julgamento tão raso para pessoas que transam - e transam gostoso - e um movimento para que essas não façam parte do lado bom do planeta.

 

Eu transei com dois homens ao mesmo tempo, um deles sendo o amor da minha vida, exercendo a minha liberdade que me é propriedade, vivendo a sinceridade entre um casal que se ama típico de um conto perfeito, soltos de amarras e tantos outros nós, para você, "ó ser incoerente", vir até mim, e comparar-me com a sua situação sexual atual: 7 dias da semana, 3 parceiros diferentes no seu celular, um não sabendo do outro, sendo eles meros "estepes" e "produtos de testes" para que você decida com qual deles você terá a misericórdia de fazer sexo e torná-lo digno de sustentar você, como se eles fossem objetos de masturbação ou garantias de um futuro bom para suas péssimas escolhas na vida e por toda sua preguiça profissional... Sim, você: Religiosa(o), do lar, cidadão de bem, de moral e bons costumes. Por favor, não estupre meus ouvidos com seus pensamentos sujos, imundos e pecaminosos. Não tente me converter de volta à uma religião falaciosa que prega a mentira fazendo seus seguidores esconderem seus desejos dados pelo mesmo deus que eles acreditam.

 

E essa força que eu ganho hoje de mandar todos esses hipócritas se afastarem de mim, me faz ter força para ser o tipo de pessoa que eu nasci para ser. Eu nasci para ser quem eu me tornei!

Quem dera todos tivessem essa sorte.

 

| Espero que seus filhos não sofram com uma mãe como você, que vive uma vida dupla! |

Essa frase marcou minha semana...

 

O que meus filhos pensarão de mim no futuro não é o que eles pensam hoje. E isso me basta por enquanto... Mas nos preocupamos com isso, por isso preservamos eles ao máximo.

Hoje eles pensam que eu sou uma mãe que dou o que eles pedem, que brinca quando tem que brincar, ou quando pode, que dá bronca quando é necessário e que coloca eles para dormir, como a vó deles fazia comigo, mesmo antes deles quererem ir. (eu me lembro de não querer dormir quando ela me obrigava)