A festa que aconteceu no escuro!

Sim, ela aconteceu com um belo Blackout na Guarapiranga inteira com mais de 10 bairros no escuro, um frio like Sibéria e o vento da morte vindo com a abertura dos portais vigiados por Cérbero. Só pode ser... Não tem outra explicação! hahaha

 

Na noite anterior eu estava com os moderadores da Voluptas na sacada da varanda olhando para o céu estrelado e dizendo o quanto aquilo tudo estava perfeito. Que mansão linda!!!!!!!! Quem acompanha meu instagram @ela.damadeespadas sabe bem. Estava simplesmente tudo encantador.

 

Melhor festa! Mas não é que às 17h00 começa a maior ventania de todas?! A festa ia intercalar entre garoas finas e ausência total de chuva, porém o vento e o frio só aumentava. 12 horas de festa pela frente; vamos que vamos! A chuva não preocupava pois a mansão é inteira interligada por dentro; tranquilo.

Eu fui logo bebendo umas 3 skol beats 150bpm (lançamento aliás), e me joguei na pista, que a propósito estava na sala de estar da mansão toda iluminada. Não tinha como não sair do lugar. Aquelas luzes giravam e entravam pelos outros cômodos. Quem estava lá sabe exatamente o que eu estou falando.

 

Uma sala de jantar com um mesa com nada mais nada menos que 16 lugares, vários ambientes lindos e uma vista simplesmente de tirar o fôlego. E nem o frio atrapalhou a vista pois a casa é inteira de vidro. Dançamos na sala lindíssima de estar com uma represa ao fundo! Que noite!!! Que festa!

Eu pulava, dançava, gritava, me emocionava me causa das skol beats, pulava novamente! (Tudo isso intercalado; porque o Dj colocava funk pancadão e depois Ritchie remix. Sem comentários! Como diz o Ed: eu só me fodo! Bom, nem por isso pois a festa parou pra cantar também. kkkkk

 

Deixando o "abajur cor de carmim" de lado (aposto que você leu cantando), tudo seguia bem! A festa estava dividida entre os 4 andares da casa. Cada qual com sua surpresa...

Já estávamos dançando à 7 horas de festa quando de repente a luz pisca; volta e se vai de vez... Um grito na mansão: - aeeeeee; de muitas vozes juntas, precisamente 150