A difícil tarefa de decidir quem...

Um salve "daqui pra aí", seja onde quer que vocês estejam.

Eu estava fazendo aprovações de novos membros hoje na sociedade enquanto ouvia Yann Tiersen, conhecem? Vou deixar o link para que ouçam comigo.


Eu senti saudade de vir escrever no Blog como eu sempre fazia. Com a pandemia, a Voluptas sem festas, todos sem abraços, confesso que fiquei distante emocionalmente, acho que para não sofrer tanto a saudade que tenho de todos vocês. Vocês não fazem ideia o que é sentar na mesa do meu escritório pós festa e contar como foi tudo sob a minha perspectiva...


Esse ano foi e está sendo um incrível desafio a todos nós. Uma recessão gigantesca e muita solidão chegou no ano que eu achei que seria mágico para a Voluptas; confesso que até boa parte do ano eu achei que não haveria nada que me animasse novamente até tudo passar. Mas não foi assim... Ganhamos um parceiro incrível que construiu uma plataforma sensacional para nossa rede social e desde que ela está no ar eu tenho me concentrado nas aprovações e tem sido bom demais para focar minha cabeça em outras coisas que não o medo e a ansiedade.


Enquanto eu fazia as aprovações hoje eu olhava as fotos, o nome e a data de nascimento dos recém chegados da Voluptas imaginando cada um como se pudesse vê-los pessoalmente. Li suas histórias e o motivo que o fizeram chegar até nós e por um segundo tive que parar, pois eu realmente estava emocionada, não pelas histórias em si pois são muito diversas, mas porque eu estou em uma posição muito difícil de decidir quem entra e quem não.

É como se para cada recusa eu tirasse a oportunidade de alguém ter um destino diferente; e é muita responsabilidade, pois hoje a Sam não seria a Camila se não fosse vocês.

Não sei para vocês, mas a Voluptas mudou minha vida. Os amigos que eu lembro quando eu fecho os olhos antes de dormir e que eu tenho uma saudade que chega doer o peito vieram praticamente todos da Voluptas, assim como minhas melhores lembranças de casal swing que eu jamais vou esquecer. É muito complicado ter o poder de tirar isso de alguém.

Se eu tiver o poder de dar um desejo do universo a vocês, é que tenham e descubram amigos como eu descobri aqui dentro, e que tudo o que vocês passem a viver aqui mude completamente a vida de vocês para muito melhor como a minha mudou.


Em breve tudo isso vai passar e estaremos juntos; até lá eu ainda estou aqui!

Beijos para vocês e boas vindas aos recém chegados!


Com amor.

Camila




Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram ícone social
  • Twitter Basic Square

contato@voluptasclub.com | +55 11 93714-3237

Voluptas Society  | São Paulo © Todos os Direitos Reservados