Uma noite de glamour e auto conhecimento.

Como eu começo dizendo que a noite do dia 15 de setembro de 2018 marcou minha vida e de muitos os Voluptianos que estavam ao meu lado? Dessa vez a trilha sonora começa antes...

Sras e Srs, por gentileza, coloquem para tocar Runaway da Aurora.

Faltava 15 minutos para as 21:00 e eu descia as escadas daquela mansão que nos fazia sentir em 1970. Era um misto de luxo com aquele toque antigo típico de quem conservou a casa do jeito que ela foi criada, mas modernizou no que era necessário. Se alguém tentasse andar pelo quarteirão não descobriria que ali estava tendo uma reunião deliciosamente secreta.

 

 

O Ed colocou suspensório e eu um batom vermelho escondendo parte de todo o meu nervosismo e apreensão. Parece fácil mas não é, pois meus queridinhos Voluptianos são exigentes, próprio do nível cultural deles, sendo impossível ser menos, porém todos com lindos sorrisos de olhar e suspiros de apreensão, afinal, muitos ali iam pela primeira vez em nosso encontro de máscaras vintage.

Sim, pode parecer excentricidade, mas esse mistério com o endereço da festa faz parte da Voluptas. Os que chegaram se sentiam como em um conto erótico cheio de mistério. E sintam-se assim! É só por isso que eu criei a Voluptas.

 

A cada festa eu descubro que nosso filtro é perfeito! Mesmo com tamanha diversidade em nossos encontros, todos que ali estavam, buscavam além de sexo, carne e pele. Buscavam voz, sorriso, olhar, perfume. Uma busca de histórias que os incentivasse a dar o primeiro passo adiante depois de tanto buscar informação e dar de cara com um sistema de swing saturado, onde tudo é tão igual e superficial. Sim, minha sociedade beira a perfeição e não é por causa de mim, mas sim por causa dos membros que a formam buscando mais do que um simples corpo pode oferecer. Que noite luxuosa de glamour e sensualidade!Quando fecho os olhos ainda posso sentir o cheiro da lenha queimando na lareira, junto com o perfume adocicado das Voluptianas misturado com a fumaça do narguilé que vinha da beira da piscina. Antes da festa tive alguns contratempos para resolver que me fizeram acreditar que eu estou cada vez mais no caminho certo de tudo o que eu faço e acredito.

 

Minha equipe de garçons, cuidadosamente treinados e preparados serviam caviar aos convidados junto com uma seleção deliciosa de saladas e fingerfood à todos que ali estavam, afinal, eu sempre digo, que se não tiver sexo, comida com certeza tem! rs

A noite foi passando e em cada círculo que eu passava ouvia experiências e ideias que me encantavam. Quando uma música terminava e começava outra podia-se ouvir muitos risos, olhares penetrantes, singles sensuais e pessoas experientes auxiliando os mais receosos. 

 

 

No quarto do exibicionismo onde só é permitido o toque entre o casal, uma esposa se contorcia de prazer. Fico excitada de lembrar o movimento que ela fazia com o quadril e cintura enquanto seu esposo se deliciava com um oral de tirar o fôlego. Jovens, iniciantes e aproveitando a oportunidade que demos à eles ao criar esse quarto. Como é lindo ver pessoas se entregando a uma nova experiência.

Um casal me chamou atenção não só pela beleza, vestimentas e pelo porte. Chamou atenção pela maneira deliciosa de conversar com todos que ali estavam independente se seriam pessoas que agradariam sexualmente, mesmo porque, eles ainda estão em processo de conhecimento de todo esse diverso universo liberal. Eles sorriam com o olhar e despertaram o interesse sexual de praticamente todos os que estavam ali, inclusive o meu. rs 

 

Entendo que eu poderia ter me soltado mais na parte da interação, mas estava sensacional ver todos vocês esbanjando leveza, sensualidade e admiração nos detalhes que eu pensei com tanto carinho para cada um de vocês. Essas lembranças que demos a todas as mulheres combinaram demais com tudo!

Cada rosto que eu olhava podia perceber um vulcão prestes a explodir de desejo e paixão. Era 01:30 da manhã quando os quartos finalmente tomaram a forma que eu queria. Todos interagindo. Uns no mesmo ambiente, outros na troca, outros menage e até singles formando pares. Um espetáculo sexual de diversidade, bom gosto e desejo. Ufa, eu ardo só de lembrar!

O que foi aquela lareira iluminando o letreiro 3D da Voluptas? Sério, eu não tenho estrutura para isso. Aproveitando para agradecer cada pessoa que trabalhou e se dedicou para essa noite sair da forma como eu queria.